Notícias: Energia: a força para desenvolver países

19/04/2018 - 12h05 - SETA Engenharia
 

 
 

A energia é essencial para nossas vidas, no entanto, para algumas pessoas, ter acesso a ela ainda é desafio, foi o que indiciou um relatório da Organização das Nações Unidas (ONU). 

Os países mais pobres do mundo estão muito distantes do ideal no que diz respeito ao acesso à energia elétrica em suas casas e empresas. E este fator contribui ainda mais para esses países menos desenvolvidos não saírem da situação, ou seja, ter acesso à energia é fundamental para que as pessoas e os países cresçam. 

Energia é garantia de desenvolvimento!

Garantir o acesso por meio de fontes confiáveis é um desafio mundial, mas é para este caminho que se deve seguir. Mas, somente isso não basta, é preciso gerar energia por meio de fontes sustentáveis, que não tragam ainda mais prejuízos a esses países. 

Esta premissa de acesso à energia é um dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) propostos por 150 líderes mundiais no ano de 2015, que vem sendo implementados e devem ser cumpridos até 2030. 

O acesso à energia elétrica não é apenas para cumprir uma satisfação de necessidade, mas sim, contribuir no desenvolvimento em geral dos países. A instalação de indústrias, geração de empregos e o aumento do bem-estar das pessoas são algumas das vantagens em expandir este acesso. 

Energias sustentáveis: a alternativa para o desenvolvimento saudável

Ao passo que o mundo entende esta necessidade e que precisa com urgência acelerar a expansão, há também a necessidade de produzir a energia de forma sustentável. 

O uso de fontes não sustentáveis pode prejudicar a saúde da população, portanto, não adianta investir em algo que não trará somente benefícios, mas sim, algumas consequências a longo prazo.

Hidrelétricas, usinas solares e eólicas são as alternativas para produzir energia e expandir o desenvolvimento de países mais pobres e garantir uma vida melhor para milhares de pessoas.

 
 
 
Notícias Relacionadas
 
 

Ouvidoria SETA


0800 649 3425 *Este canal não se destina ao recebimento de currículos