Notícias: Setor eólico deve empregar 200 mil pessoas até 2026

27/02/2018 - 20h52 - SETA Engenharia
 

Um dos setores com mais expansão no Brasil deve gerar 200 mil empregos de acordo com a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI).

 
 

A geração de energia eólica no Brasil deve crescer nos próximos anos, por isso esta estimativa é tão animadora. De acordo com os cálculos da Associação Brasileira de Energia Eólica (ABEEólica), 15 empregos diretos e indiretos são necessários para cada novo megawatt instalado nos parques eólicos.

O setor proporciona que várias pessoas ainda possam se especializar e aprimorar seus conhecimentos para ajudar a construir e expandir a cadeia da energia eólica brasileira.

Ainda de acordo com a ABDI, as atividades ligadas ao setor proporcionam empregos para a construção e montagem, desenvolvimento de projetos, ensino e pesquisa, manufatura e manutenção do parque.

O setor engloba 52 profissões possíveis e isto representa crescimento para o país, ainda mais agora que já somos o 8º país em número de usinas eólicas, além de apresentar potencial de crescimento a ser explorado.

Mesmo que a maioria dos parques esteja localizado nos estados do Rio Grande do Norte e Rio Grande do Sul, isso não representa que os empregos serão gerados somente nestes estados. Como vimos, há várias profissões envolvidas em várias etapas do processo de estudo, construção e manutenção de um parque eólico, sendo necessário vários profissionais.

 
 
 
Notícias Relacionadas
 
 

Ouvidoria SETA


0800 649 3425 *Este canal não se destina ao recebimento de currículos